Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2014

Mais mentiras

Às vezes digo que me vou encontrar com a minha irmã no café - mesmo não tendo qualquer irmã - só porque é uma coisa linda de se dizer. Tenho pensado nisto desde que

li um romance no qual duas irmãs estavam sempre a encontrar-se em cafés. Hoje, por exemplo, caminhei sozinha pelo passeio, com as minhas botas para a chuva, esperando

que alguém me perguntasse para onde me dirigia. Comprei um bloco de notas e uma pilha para o relógio, as montras da loja estavam embaciadas. Chuva em Abril  é uma espécie de promessa, e

gratuita. Levei um saco com livros para o café e pedi chá. Gosto de sítios iluminados por lâmpadas. Gosto de sítios onde se pode ouvir as pessoas a falarem de coisas sem importância,

como a diferença entre o azul-celeste e o azul-cerúleo, ou o preço das tulipas. Que está a descer. Reparei em alguém que podia ser minha irmã a entrar, e a sacudir a chuva

dos cabelos. Pensei, mesmo agora as floristas estão a encher as estantes frigoríficas com tulipas, a cinco dólares o mo…

Um Poema para Ti

No Dia do Teu Aniversário
Hoje, longe de ti, ergo a minha taça. Comemoro à distancia, teu aniversário.

Mergulho em Mim...

Mergulho em mim como se fosse o rio que percorre os meus medos...as minhas alegrias...as minhas tristezas.Um mergulho no abismo onde não me consigo encontrar...num labirinto a que não consigo dar nome...num caminho entre o consciente e o inconsciente...entre o vazio e o nada.

Aniversário de Salvador by Lu Cidreira

Estamos antecipando a nossa postagem do dia 29 de março lá no Lu Cidreira, pois O Refugio das Origens tem prioridade de se informar com antecedência por mérito.
Todos lerão esta matéria a partir da data acima no nosso Blog lucidreira.blogspot.com.br
Obrigado

História da Cidade de Salvador Fundada em 29 de março de 1549 (465 anos)
Salvador(fundada como São Salvador da Bahia de Todos os Santos) é uma cidade brasileira, capital do estado da Bahia e primeira capital do Brasil.

Tardes de outono...

Olho para o céu tingido de cores quentes que mescla, delicadamente, a amplidão sideral.

Encontro com o tempo! (by Patrícia Pinna)

Quero o encontro com o tempo
Com a jovialidade esquecida
Nas manhãs de outrora
Em seus rubores juvenis
Saciados de feminilidade

No Nevoeiro das Docas de Alcântara

Sinceramente, ela não entendia o significado daquele silêncio súbito. Por mais voltas que desse à cabeça, não conseguia compreender. Não depois da última noite, em que os seus corpos se uniram num misto de paixão, desejo e ardor. No entanto, não era apenas sexo. Não, havia ali algo mais. Uma coisa mais profunda, era amor também e ela sabia-o. Sabia-o pelos beijos, pelo olhar quente que lhe era retribuído com a mesma intensidade. Mais do que isso, ela sentia-o. Que noite louca, o inesperado acontecera. As saudades tinham derrubado barreiras, ultrapassado obstáculos e o amor vencera. Bocas que se beijavam, corpos que se envolviam num tango apaixonado, ardente e intenso. Frêmito do seu corpo no dela, a urgência de consumir a paixão e assim uniram-se em apenas um ser, matando os Egos. Num enlace de braços e pernas adormeceram, com um sorriso de alegria e felicidade. Sonho realizado. Mas ao raiar da aurora, as sombras desvanecem-se e a noite dá lugar ao dia. Acorda com o brilho do sol nos seus …

Sala WAF - Entrevistado : O Escritor e Poeta - Hélder Gonçalves

A poesia: Que significado tem na tua vida?

Quando, coloquei à vossa disposição e ao vosso escrutinio os meus trabalhos que, por entretenimento, ia deixando nos meus dois blogues, mal sabia eu que iria ser confrontado, um dia, com o vosso contacto, no sentido de saber se estaria interessado na publicação de um romance, da minha autoria, com o nome “O REFÚGIO

O que sentes pelo WAF?

Para responder à primeira pergunta, cabalmente e à segunda por inerencia, não poderei deixar de dar um breve apontamento da relação que passou a existir com o WAF, desde o primeiro contacto até ao presente, com a sua Direção.  Com efeito, foi através do WAF, que foi viabilizado o meu sonho, desde muitos anos, adormecido em mim.  Estou bastante agradecido por tal facto e no pragmatismo da sua atitude, enquanto editora. Na minha inexperiencia, neste tipo de coisas, achei curiosa tal proposta e sem exitação abarquei o convite de imediato . Daí, numa rotina rápida, foi publicado o meu primeiro livro . Dig…

No varal

Cheguei deixando todo o peso toda a bagagem de anos todo o cansaço diluindo-se esvaziando-se do meu corpo tirei os sapatos que martirizavam meus pés lavei meu corpo com sais, sálvia e camomilas as crostas do tempo foram se soltando e eu ficando cada vez mais leve não haveria mais de voltar por esse caminho outros ventos sopravam recolhi meu corpo e pendurei delicadamente no varal para descansar

Marisete Zanon  - In Confissionarium Book - pág. 123

Dia de São José

São José
São José ou José de Nazaré ou José, o Carpinteiro é, segundo o Novo Testamento, o esposo de Maria e o pai de Jesus. O nome José é a versão lusófona do hebraico Yosef, por meio do latim Iosephus. Descendente da casa real de Davi, é venerado como santo pela Igreja Ortodoxa, Igreja Anglicana, e Igreja Católica, que o celebra como seu padroeiro universal. A Liturgia Luterana também dedica um dia ― 19 de março ― à sua memória, sob o título de "Tutor de Nosso Senhor". Operário, é tido como "Padroeiro dos Trabalhadores", e, pela fidelidade a sua esposa e dedicação paternal a Jesus, como "Padroeiro das Famílias", emprestando seu nome a muitas igrejas e lugares ao redor do mundo. Nascimento: Belém--Falecimento: 20 de julho de 18 d.C.,Nazaré, Israel-Cônjuge: Maria-Filho: Isa E aqui no Nordeste brasileiro ele tem a fama de ser também o padroeiro dos lavradores (trabalhadores rurais. 0 pois neste dia sempre acontece o plantio do milho e do feijão, O nordestino t…

Brasil - Portugal & Companhia A Máfia da Cebola (II)

Brasil - Portugal &companhia -  A Máfia da Cebola (II)

Entretanto,um ano foi passado: A empresa  Malu, está em situação dificil, pois o mercado está a falhar. Cada vez se chora menos e o rir está pelas horas da morte. Assim o  pessoal privado destes luxos e com esta austeridade imposta e apátrida, não vem às lojas tão desejavelmente, para consumir doses de vitaminas humor e boa disposição - daquela que até faz chorar a rir.  Estabelecida a crise, a  família Corleone aproveitou para se escapar sorrateiramente de Irecê, zarpando para o sul de Itália, para a terra onde viu nascer Dom Corleone. Encontram-se de férias, na Sicilia, numa velha e alcandorada mansão, junto ao mar,recebento, frequentemente, a visita do padre Inocencio, personagem sempre habitual naquela casa, onde não dispensava o bom acolhimento que lhe era prestado pela Dona Ronilda. Sempre adorava uma boa mariscada  acompanhada de  vinho da região da  Toscania, servido com grande devoção pela devota dona de casa, sob o olh…

Onde Reside A Mémoria Do Destino? - Where lies the Remembrance of Destiny?

...Eis-me aqui, assim, vês?
Entrego-te ainda de pé sobre a tormenta na crina desse oceano.
Se aceitares...

Posso finalmente deitar os cílios nos braços eternidade e deixar que o suspiro da paz abraça-me longamente  na promessa da vida.


Ronilda David/Loubah Sofia – Alma Feita De Ti


Esta Viagem Que Faço...

Tinha que partir para procurar-te. Tinha que voltar para buscar-te. Como deixar-te, às margens do caminho se sempre foi meu desejo encontrar-te... E mesmo que de mim fugistes um dia de novo nascerias e, eu, haveria de achar-te, outra vez.
Malu Silva





Sobra de Poesia

Puxei as próprias orelhas
passeando nas homenagens
do pretenso Dia Do Poeta.
Velhas cópias sem novidade,
viagens sem destino certo,
extensos textos descontentes,
excertos sem pé nem cabeça,
inverdades e fingimentos.
Rasgos de vaidades sem metas
mas algumas pérolas perdidas,
vi em meio a lixo controverso.
Sei que o dom anda meio escasso.
A magia por certo anda ao largo,
mas os céus clamam, a Vida exige:
Criar versos é mais que preciso!

Se perco o cargo, mantenho a função:
Se falta harmonia, sobra espaço.
Se é que narciso inda respira
e se insiste ainda o coração,
é Cupido dando um sentido
indo à procura de novos ares
de magia e melhores rimas.
Esse motivo é o que me inspira!

Deixo um Abraço aos meus pares...
Façam Arte, cometam Poesia!

Autor: Expedito Gonçalves Dias (Profex)
Em Varginha, 20/10/2012, Às 14:35 h
Autor do espaço:www.blogdoprofex.com
O Dia Nacional da Poesia no Brasil é comemorado no dia 14 de março, data de nascimento de um dos maiores poetas brasileiros: Castro Alves.

Brasil X Portugal & A Máfia Da Cebola

Dia 95   Mês-  Junho
Amore Mio
Dio come ti amo

Ora muito Bom dia Dona, Roni! Esposa muito querida de Dom Corleone.    Família ao que se sabe, natural da Sicília, imensamente católica e que por diversas razões desconhecidas, instalaram-se numa pequena cidade chamada Irecê, no Brasil. Pensa-se, que estão aí fugidos, do FBI internacional, por contrabando de cebolas. Estas herbáceas são plantadas numa região próxima de Irecê, e considerando o seu valor, de fazer chorar copiosamente, os artista de cinema e as donas de casa, quando as manipulam para as refeições dos seus homens, tem um valor incalculável no mercado internacional, especialmente nos beduínos, no norte de África, no deserto do Saara.  Porém, também é sabido que, esta família, contribui com largos donativos para a Igreja local, onde o pároco, muito amigo da família, distribui tais ofertas pelo  Sindicato dos Pobres Locais.  Grandes festas, existem na quinta dos Corleones de Irecê a favor de um projecto de fornecimento…

Talvez a noite te diga...

Talvez a noite te diga...do amor ardente que no meu peito ficou Da infinita tristeza...do tempo em que não me amei...do cansaço Talvez a noite te conte do frio que os meus desejos amordaçou No silêncio do meu corpo...esquecido da ternura de um abraço
Talvez a noite te diga...do lugar frio onde a ausência adormece Deitada sobre os véus negros da ilusão...onde morreu a ternura No lugar vazio da espera...onde o meu corpo gelado amanhece Preso nos braços dolentes da noite...onde o teu corpo é lonjura
Talvez a noite te diga...da dor que me queima o corpo e a alma Que me rasga a pele...que me tortura os sentidos...que me fere Talvez a noite te conte dos teus silêncios...das minhas mágoas Dos teus lábios gelados...beijando o meu corpo nú de mulher
Talvez a noite te diga...do Inverno frio que cobre os meus braços Das carícias abandonadas na minha pele vestida de esquecimento Ébria de solidão e embalando na noite imensa os meus cansaços Nas mãos despidas de ternura...na solitária cama onde me deito
Talvez a n…

Flashes de tristeza...by Malu Silva

Hoje acordei completamente perdida. Meu corpo afundado no escuro da vida. Um silêncio profundo e intocável. Medos e arrepios espalhados sobre mim. Soluços convulsivos, nesses momentos em que me sei só. Meus olhos fixos num horizonte de única cor a juntar-se a minha dor vazia - essa dor de tristeza e de ausência de mim. Essa dor de me tocar sem nada sentir entre as mãos. Hoje acordei fantasma em ruas abandonadas, e os meus pés imersos nas águas salgadas, nas poças do choro que jorrou copiosamente, pensando em lavar minhas esperas, meus sonhos ansiosos, grudados pelas janelas. Acordei com a cruz e a espada afogando meu peito, com meus dedos nas feridas a cauterizar veias secas, sem mesmo saber por onde vai meu coração. Se ao menos uma oração soprasse aos meus ouvidos... se ao menos alguma mão me prendesse n'alguma amarra... e, se ao menos as águas ácidas das chuvas me cobrissem a pele... e se os jardins, nessa manhã, conseguissem acordar meus sentidos com o odor das rosas... e se o …

O Que É Sentir?

JUVENTUDE A QUANTO OBRIGAS